28 setembro, 2009

O Perigo do Fundamentalismo Insensato

Em conversa com um médico psiquiatra cristão, ele relatou-me a história de um renomado pastor de sua denominação, notavelmente conhecido por seus magníficos sermões, que, infelizmente, acometido por uma enfermidade psiquiátrica, terminou seus dias maltrapilho e sujo, esquecido, catando bitucas de cigarros pelas ruas.
Esse é apenas um dos múltiplos exemplos que poderia citar aqui para mostrar a grande verdade de que a metanóia ou o novo nascimento não nos isenta de sofrimentos, nem constitui uma vacina que nos imuniza contra doenças e percalços na vida, uma vez que, em nós habita, ainda, a velha natureza adâmica, com todas as consequências da Queda, uma vez ocorrida no Éden.
É claro que existem as curas divinas. Elas são bíblicas e fizeram parte do ministério de Jesus. Mas, elas não foram para todos, naqueles dias, nem são para todos nos dias de hoje. Do mesmo modo, os milagres e livramentos.
Pedro foi maravilhosamente liberto dos grilhões da prisão por um anjo e pensava estar sonhando, até que, ao ver-se sozinho, fora da cadeia, e sentindo a brisa da noite em seu rosto, percebeu que acabara de viver um milagre de Deus.
O mesmo não aconteceu com Estevão, o primeiro mártir cristão, que mesmo testificando a sua fé e demonstrando como Deus, através das gerações, cumpriu os seus desígnios em Jesus, Autor e Consumador da salvação; foi impiedosamente apedrejado pelos judeus, até a morte.
Portanto, temos que aprender a maturidade para compreender a soberania de Deus sobre as nossas vidas, e possuir a alma leve para ter flexibilidade em nossas compreensões, se não quisermos ficar presos e enredados por um certo fundamentalismo enganoso que nada mais é do que o fruto de lentes equivocadas, na leitura e compreensão das Escrituras.
Há poucos dias, li, com tristeza, um ácido e desnecessário comentário colocado no post de um querido irmão, que o desmerecia moralmente, e, na falta de melhor argumento, acusava-o simplesmente de "comunista", por ser um leitor de um "autor ateu e comunista".
Fiquei pensando nos milhares de médicos ateus e possivelmente comunistas, que todas as noites, nos plantões de pronto-socorros e emergências médicas, salvam as vidas de milhares de cristãos que, por misericórdia de Deus, puderam cair em suas mãos hábeis e treinadas para salvar.
Quem sabe o próprio acusador da postagem a que me referi, já não teve a sua vida salva, ou de um de seus queridos, por um desses médicos ateus? Já imaginou se tal médico tivesse o mesmo ódio demonstrado por ele a todo paciente confessadamente cristão?
Isso, sem contar o maravilhoso comunismo de Jesus e dos primeiros discípulos da Igreja nascente, que se reuniam todos os dias para a comunhão e a partilha de bens (os ricos vendiam o que tinham e traziam o dinheiro aos apóstolos), de tal sorte que entre eles não havia necessitado algum e "eram um o coração e a alma do povo".
Portanto, sabedoria, equilíbrio,flexibilidade e sensatez devem fazer parte das características de um cristão. Jamais o fundamentalismo que se traduz em revolta e intolerância.
De outra sorte, como aceitar, sem perder a , que o genoma humano é extremamente parecidoAdam and Eve com o de um camundongo; como conciliar o criacionismo com o evolucionismo; como admitir que o episódio que narra a criação do homem, no Gênesis, pode ser interpretado tanto como uma fotografia, quanto como uma radiografia?
Como admitir, sem perder a fé, que cada porção de nosso cérebro é responsável não apenas por funcionalidades de nosso organismo, mas também por sentimentos, e que isso já está estabelecido e fartamente comprovado por numerosas experiências dos mais requintados e elaborados exames de imagens?
A fé, a piedade, o amor, a misericórdia, o perdão ou; por outro lado, o rancor, o ódio, o ciúme ou ou a ira são produtos de "pedacinhos" de nosso cérebro. Se uma vítima de acidente, perder, por infelicidade, a massa encefálica responsável pelos sentimentos, ela se tornará tão insensível como uma planta, incapaz de sentir ódio ou amor pelos seus entes mais queridos!
Concluindo, dizemos que, para se ter fé, a partir do tempo presente; e para se confessar um cristão salvo em Jesus, será preciso crer, apesar de todas essas circunstâncias, que não faziam parte de repertório de conhecimentos de nossos pais e antepassados.
O QUE EQUIVALE A DIZER QUE UMA FÉ FUNDAMENTALISTA E INTRASIGENTE muito dificilmente permanecerá porque, sem tirar nem pôr, é tão frágil como a casa construída sobre a areia.
Tony Ayres

15 comentários:

  1. Tony agradeço a Deus por pessoas como você, seus
    textos já me ajudaram muito nos momentos difíceis.
    Graça e paz

    ResponderExcluir
  2. Prezado Celso:

    Saber disso é reconfortante. Que bom que me deu esse retorno. Seja sempre bem-vindo.

    Setembro 29, 2009

    ResponderExcluir
  3. Prezado amigo Tony


    O seu artigo foi deveras providencial,isto é, chegou no momento certo, em que vozes fundamentalistas se levantam para anular o próprio evangelho de Cristo, através de mensagens carregadas de ódio.

    Os fundamentalistas precisam se debruçar sobre a história de Saulo, para entender que ele era um fariseu que devotava um extremado zelo pela lei, e no entanto, através de suas práticas repressoras perseguia o próprio Cristo.

    Que Deus possa espargir luz nas mentes doentias que preferem viver na lei e não na graça.

    Agradeço a sua interessante inserção fazendo alusão a um médico "ateu" que presta socorro a um cristão.
    Sobre o ataque de que fui vítima, eu, através do perdão, já releguei tudo ao esquecimento.

    São ossos do ofício (rsrsrsrs)


    Um abraço fraterno,

    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  4. Cite nomes. Isso que você faz não se chama educação. E meu nome é Isaias Medeiros. Pode, como diria, "dr." (qual foi a sua tese?) um sistema que defende a extinção da religião conviver pacificamente com a própria? Pode, "dr.", uma pessoa que apóia uma ideologia que já matou mais de 100 milhões de pessoas comungar do Cristianismo? São compatíveis, "dr." as trevas e a luz? Só posso chamá-lo de doutor em uma coisa: malabarismo intelectual. Só mesmo um ótimo malabarista pode dizer que um fundamentalista (aquele que tem firmes fundamentos para a sua fé) tem sua casa alicerçada sobre a areia. Você ainda chama a experiência da Igreja primitiva de "comunismo". Isso não merece outro nome senão desonestidade intelectual. É claro que foi uma época em que os cristãos tinham tudo "em comum". Daí, a chamar aquilo de "comunismo", remetendo que lê ao comunismo de Marx, é de uma leviandade intelectual formidável. Sem falar no anacronismo do termo: Marx, o idealizador do comunismo, só haveria de nascer 19 séculos depois... Continuando a discorrer sobre a sua má-fé intelectual, você fala sobre os médicos (não vou repetir as suas palavras). Ocorre, "dr", que os médicos atendem a todo e qualquer paciente por estrito dever profissional. Sua comparação é uma daquelas coisas que nos fazem sentir vergonha no lugar dos outros. Estou envergonhado por você, no seu lugar. Já o dever do cristão é o de não compactuar com as trevas, com as obras das trevas e com seus mensageiros. É uma obrigação moral, de qualquer pessoa decente repudiar o comunismo e seus defensores. Não existe a figura do "bom comunista". Se houvesse, seria imperativo a existência também do "bom nazista". O senhor acha que esta última seria aceitável? E a primeira, por que você acha que sim? Como cristãos, temos o dever moral e espiritual de combater a ideologia que prega a religião como "ópio" e que torturou milhares de cristãos no mundo. E tortura até hoje. Leia o site da Missão Portas Abertas. Sem mais, apenas lhe advirto que se desejar fazer críticas à minha pessoa, ao meu posicionamento religioso dentro do Cristianismo ou a qualquer de minhas opiniões, faça-o nominalmente. Demonstrará um pouco de caráter.

    Isaias Medeiros
    http://ocristaorevoltado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Meu irmão:

    Aceitei ao Senhor Jesus, quando ainda não tinha completado 11 anos de idade e Ele continua a ser o meu Senhor e Salvador até o dia de hoje. Minha vida sem Cristo não teria significado algum.

    No entanto, não seria um psicanalista (o que, aliás, me gratifica muito, pois amo a psicanálise), se não tivesse estudado a obra, o pensamento e a teoria psicanalítica de Freud, que foi um ateu confesso.

    Eu poderia ficar discorrendo aqui sobre os inúmeros bancos de escola que frequentei, mas prefiro me abster.

    Digo-lhe, simplesmente, que a melhor de todas elas, foi mesmo a Escola da Vida, que é a que nos marca com suas feridas e nos acrisola com as experiências que vivenciamos.

    Essa escola faz o nosso coração ficar apaziguado, principalmente quando a paz de Cristo, que excede a todo o entendimento, habita dentro dele.

    Não vou aceitar a sua ironia nem a sua provocação.

    Meu único desejo para com sua pessoa é que você descubra que o Deus a quem servimos, que criou o homem, a Terra, o Sol, o Sistema Solar, a Via Láctea, as nebulosas o o Universo infinito, inalcalçavel pela nossa pequenina mente, não pode ser diminuído pela extrema pequenez de nossas frágeis ideologias.

    Sem mágoas nem ressentimentos.



    Tony Ayres

    ResponderExcluir
  6. Amigo Levi:

    Sua visita aqui sempre enobrece este pequeno espaço. Posso lhe dizer que, às vezes, imagino a sua fé e o seu testemunho muito similares aos meus.

    Que Deus nos ajude a fugirmos da definição de Ghandi: "Admiro o vosso Cristo,mas abomino o vosso cristianismo".


    Graça e Paz

    ResponderExcluir
  7. Querido irmão,

    Por motivos funcionais, o blog “Vivendo o Verdadeiro Evangelho” passou a se chamar “Evangelho da Graça”. Da mesma forma, o endereço www.vivendooevangelho.blogspot.com agora ficou www.alexmaltta.blogspot.com

    A primeira mudança se deve ao título um tanto extenso, difícil de ser inserido nos blogs amigos na forma de blogroll.

    A segunda ocorreu em virtude da dificuldade que muitos amigos, irmãos e conhecidos do Sul da Bahia demonstraram para encontrar o endereço correto. Utilizando o meu nome fica muito mais fácil.

    De qualquer forma, nada muda em termos de proposta. Viver o verdadeiro Evangelho é viver o Evangelho da Graça. Um Evangelho destituído de invencionices, legalismos e teologias alienígenas. Um Evangelho construído pelo compromisso com a Palavra de Deus, mas, também, pelo Seu favor imerecido.

    Aviso também que o blog já dispõe de um banner. Se o irmão quiser ajudar a divulgação da minha página, ficaria muito, muito grato.

    Alguns blogs, inclusive, já estão contemplados (ou como banners ou como blogolls ou ainda como links). Se o blog do irmão não estiver na relação é só enviar um email para mim. alexmaltta@gmail.com.

    Que o Senhor continue abençoando a todos nós.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo novo visual do seu blog. Está lindo!
    Tony amado,
    Fiquei chocada com a história do pastor. Como a igreja está aquém da sua responsabilidade para com os seus líderes. Graças a Deus "que nem mesmo os loucos erram o caminho."

    Passeando pelas ruas de Sta. Cruz de La Sierra com uns amigos, encontramos um rapaz atirado ao lixo, cheguei perto e percebi que ele não tinha mais sangue algum e que estava à beira da morte", enquanto meu marido providenciava levá-lo ao hospital, nos agachamos ali e falamos de Jesus de arrependimento e oramos por ele. Meu marido foi em busca de sangue, ao voltar desolado, de mãos vazias, a enfermeira lhe disse: não há mais necessidade. Ele havia abandonado Jesus um tempo atrás... Choro ao lembrar o amor de Deus por ele, levando-o a morrer em um leito como um ser humano.
    Se não vivenciarmos o grande AMOR de Deus nada tem valor.
    Gostaria que cada fundamentalista fechado, fosse impactado como uma amiga minha foi em um hospital quando se afastava de um ateu e recebeu ordem do Senhor para voltar e orar por ele. Ela foi abençoada através do carinho daquele cidadão que recebeu a benção dela com todo respeito. Foi uma bela experiência.
    Estou desenvolvendo um grande amor por você meu irmão e louvo a Deus pela sua vida. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Tony! Levi!

    Não liguem para este revoltado não! Ele não sabe conviver com opiniões diferentes...
    Acho que ele está precisando aumentar a dose da medicação dele... Hoje deu "piti" lá no Genizah também...

    Um abraço aos amigos!

    Danilo

    ResponderExcluir
  10. Meu irmão Alex Malta:

    Seu blog já está devidamente linkado ao meu.

    Abraço Fraterno

    ResponderExcluir
  11. Prezada irmã Guiomar:

    Obrigado pelo elogio ao visual. Também gostei dele. Vejo que você possui muitas experiências ricas de vida; e isso faz toda a diferença quanto à maturidade, na vida do cristão.

    A verdade é que somos todos muito fracos, mas, como ensina Paulo, tudo podemos Naquele que nos fortalece.

    Obrigado pea amizade e carinho.

    ResponderExcluir
  12. Caro Danilo:

    Seu blog é "da pesada" e,lá "escreveu e não leu, o pau comeu". Sempre que dá, vou lá ler os comentários.

    Eu já pego mais leve, por natureza. Mas, obrigado pela solidariedade.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  13. Oi irmão Tony! Graça e paz do Senhor Jesus!!! Escrevi um post no meu blog (este último, sob o título SER CRISTÃO X ESTAR CRISTÃO..."),e quando finalmente postei, vim fazer uma visita aqui ao seu blog. Vi este texto, e achei legal, achei propício eu colocar o título do meu post como um link direto para este seu. Achei que pode ser proveitoso para quem clicar e vir aqui ler o seu post. Espero que você não fique bravo, mas foi o texto que mais deu certo, como forma de complementar o meu, e de quebra divulgo o seu blog, né?

    Legal o visual novo do blog. Mas só não simpatizo com estes símbolos que tem lá em cima, no topo. Não me lembro se são coisas de astrologia, me perdoe se estou enganada. Mas como gosto de visitar sites franceses, e entre eles existem muitos cheios de misticismo, talvez seja de alguns deles que já vi. Posso estar falando asneira, mas não gosto destes desenhos, destes símbolos não. Se for ignorância da minha parte, perdão.

    Deus te abençoe sempre! Jesus esteja sempre mostrando assuntos importantes para você postar aqui, assim como fazem alguns abençoados pastores que ficam orando e pedindo uma palavra que Deus queira que ele pregue no domingo, e Deus, que sempre sabe quem está precisando de determinada mensagem, orienta. Que assim seja com você sempre!

    Fique com Deus! Em Cristo,

    Claudia Sunshine (Claudia Paiva)

    ResponderExcluir

Seu comentário será exibido após examinado pela moderação.