22 novembro, 2010

Suas Fraquezas São a Sua Força!

quadrinhos_-_Davi_contra_Golias Lembro-me de dos fragmentos de uma estória que de que gostava muito, quando criança. Tratava-se da sagacidade de um garotinho que, sendo conduzido por uma bruxa para o interior de uma floresta, foi deixando cair pelo caminho, pequenas migalhas de pão, sem que ela percebesse.

Quando já estavam bem no interior da floresta e a bruxa já se achava dona da situação, o garotinho desvencilhou-se dela e fugiu, em desabalada carreira.

A bruxa, apanhada de surpresa, num primeiro instante ficou sem reação. Depois, sarcasticamente, gritou: "Você está perdido, menino! Nunca ninguém conseguiu sair sozinho dessa floresta!"

Porém, o garotinho começou a seguir as migalhas de pão que deixara cair ao longo do trajeto; e dessa forma conseguiu fazer o caminho de volta, saindo da mata, são e salvo.

UMA LIÇÃO A SER APRENDIDA

Essa estória infantil, aparentemente, ingênua e sem nenhuma importância; na verdade pode ensinar-nos uma grande lição: Assim como aquelas migalhas de pão serviram de roteiro para a salvação do menino; as "pegadas" que deixamos na vida também podem mostrar-nos as saídas que dispomos, para um futuro melhor.

Poucos gostam de "perder tempo" relembrando "fracassos" do passado. Mas, a verdade é que as nossas derrotas, tanto quanto as nossas vitórias passadas, constituem a argamassa com a qual construiremos o nosso futuro.

Se, todavia, quisermos ser absolutamente sinceros conosco mesmos, veremos que a grande maioria de nossas vitórias na vida surgiram de, aparentemente, grandes fracassos.

NOSSAS FRAQUEZAS, A BASE DE NOSSAS FORÇAS

O apóstolo Paulo, querendo demonstrar essa verdade, em uma de suas epístolas, escreveu: "Porque, quando estou fraco, então estou forte".

E, o escritor aos Hebreus, referindo-se aos heróis da fé, deixou muito claro que todos eles, "da fraqueza tiraram forças".

UMA ANÁLISE MUITO IMPORTANTE

Agora, você que lê estas linhas e que, talvez precise de um incentivo para a tomada de uma decisão muito importante; ou que se julga pequeno demais para assumir uma responsabilidade que julga demasiado grande, pare e pense:

Procure se lembrar de todas as vitórias que você teve na vida. Seja sincero e veja se, quase que a totalidade desses êxitos não provieram de aparentes fracassos!

Quando você pensou que tudo estava perdido e você ia sucumbir; então, tal como um Sansão com os cabelos novamente crescidos, ou tal como um Davizinho diante de um Golias, você deu a volta por cima e venceu!

E não será diferente daqui em diante. Prosseguir rumo à vitória exige fé; e possuir fé é também uma pré-condição para correr riscos.

Soren Kierkegaard, filósofo cristão dinamarquês, deixou-nos, como legado, esta importante lição: "O homem que se arrisca, perde o passo por um pouco; o homem que não se arrisca, perde a vida".

Olhemos para os nossos "fracassos" que viraram vitórias, no passado. E confiemos que, embora nos sintamos fracos, Deus nos dará forças para sermos vitoriosos, no futuro!

Ousemos, pela fé!

"Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos" (Heb. 11.34).

Tony Ayres

10 comentários:

  1. Prezado amigo Tony Ayres

    Grande texto. Grande reflexão.

    Ao ler o seu irretocável texto, gostaria de transferir para mim as palavras de Paulo em II Corintios (12, 9): "...A Tua graça me basta,pois o Teu poder se aperfeiçoa na fraqueza".

    E para você meu caro Tony, tem um selo de premiação,no "Ensaios & Prosas". Passe lá para apanhá-lo.

    Seu Blog merece essa distinção.

    Um grande abraço,

    Levi B. Santos

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo Levi:

    Obrigado pelo comentário enriquecedor e pelo distinção do selo.

    Realmente, o texto de Coríntios, dito assim como você o colocou, mostra o quão maravilhosa é a Graça em nossas fraquezas.

    Que o Senhor o abençoe sempre!

    Um abração,

    Tony Ayres

    ResponderExcluir
  3. Prezado irmão Tony,

    Parece ter redundado propositalmente “Agora, você que lê”, e isso para mim, mostra algo especial: a chamada de Deus para uma obra inadiável. Não que seus outros textos não sejam importantes – são sim. Mas nesse, como se alguém estivesse no limite, precisando de ajuda; você, como servo que é, fala daquilo que recebeu do Senhor.
    Você me ajudou muito, não que a mensagem da parte de Deus seja só para mim; acredito que muitos serão edificados por essa mensagem.

    Graça e paz!

    Wesley

    ResponderExcluir
  4. II Corítios 12:5-10

    De alguém assim me gloriarei eu, mas de mim mesmo não me gloriarei, senão nas minhas fraquezas. Porque, se quiser gloriar-me, não serei néscio, porque direi a verdade; mas deixo isto, para que ninguém cuide de mim mais do que em mim vê ou de mim ouve. E, para que não me exaltasse pela excelência das revelaçöes, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguiçöes, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.

    ResponderExcluir
  5. Wesley:

    Embora me sinta muito pequeno diante das palavras que você colocou em seu comentário, devo dizer que fiquei feliz por você ter encontrado em minha postagem algo que serviu para a sua vida.

    Toda honra e toda a glória pertencem ao Senhor Jesus!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Professora Ismaelita:

    Já sentia saudades de sua presença, por aqui. Muito apropriado o texto bíblico que colocou.

    Abraço fraternal,

    Em Cristo.

    ResponderExcluir
  7. Tony,

    É muito bom saber que fui compreendido naquilo que me expressei. E melhor ainda, é ter obtido ajuda. Não posso deixar de dizer que fiquei muito feliz, me senti querido.
    P.S. Faltou você me informar seu e-mail, o meu é: wesley.rezende@hotmail.com.

    Um forte abraço!

    Wesley

    ResponderExcluir
  8. Wesley:

    Que bom que o texto lhe serviu. Como irmãos em Cristo, precisamos estender as mãos uns aos outros, não é mesmo?

    Meu e-mail:

    antoniopsic@gmail.com

    A paz!

    ResponderExcluir
  9. Olá, achei bem interessante seu blog. Aproveito pra te informar de uma grande promoção exclusiva para blogueiros cristãos, nela você pode ganhar até R$ 300,00 em vale-compra de livros/Bíblias. Acessa aí o site da promoção:
    http://www.maiscb.com.br/
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Que benção, Deus é fiél, obrigada por deixar Ele te usar.

    ResponderExcluir

Seu comentário será exibido após examinado pela moderação.